Porto Velho: Transporte público: superlotação impede estudantes de voltar para casa

sexta-feira, 22 de maio de 2009


O horário de saída das escolas públicas em Porto Velho, bate às 18 horas, porém, os alunos que dependem de transporte publico não conseguem chegar voltar para casa antes das 19 horas, devido a super lotação dos ônibus. Crianças e adolescentes que estudam longe de casa, a mercê de diversos perigos.Dependendo da localização da escola, os coletivos nem param nos pontos de espera, pois o limite de passageiros ultrapassa o permitido. Pessoas vão penduradas nas portas, arriscando a segurança, por não ter alternativa, denunciam os estudantes,Crianças e adolescentes alegam sentir medo de ficar nas paradas de ônibus após as 19 horas e devido orientações dos pais, recusam freqüentes propostas de caronas de pessoas desconhecidas.Trabalhadores também sente-se humilhados, com a realidade do transporte público. Ressaltam que o valor pago na tarifa é uma das maiores do país e ainda assim são obrigados a andar como se estivessem dentro de uma ‘lata de sardinha’.Voltar para casa cedo é uma missão impossível para quem precisa pegar ônibus, afirmam os usuários. Eles denunciam ainda que a frota de ônibus entregue recentemente foi insuficiente para surtir efeito, no problema que tem se transformado transporte coletivo.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960