Rio: Detro recolhe 39 ônibus regulares em operação nos terminais rodoviários

terça-feira, 17 de março de 2009


Para manter a ordem no transporte regular de passageiros, o Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) realizou nesta segunda-feira (16/3) mais uma operação nos terminais rodoviários da Região Metropolitana e interior do estado, com a vistoria de 205 veículos e o recolhimento de 39 ônibus às garagens das empresas. Entre as principais irregularidades estão a falta de documentação, má conservação dos veículos e descumprimento do quadro de horários. Esta operação, conhecida como “Legal tem que ser legal”, é norteada pelas reclamações recebidas na Ouvidoria do Detro.
– A orientação do governador Sérgio Cabral é de que o Detro garanta um transporte de qualidade e seguro à população. Desta forma, “pau que dá em Chico, dá em Francisco”, ou seja, se estamos nas ruas diariamente para fiscalizar o transporte complementar irregular, não há porque não adotarmos esta mesma prática com relação à frota regular de ônibus cadastrada no Detro. Os empresários têm a obrigação de prestar um serviço de excelência e se não tiverem condições para tal, devem abrir mão da linha. A obrigação do Detro é estar atento quanto a isso e todos podem ter certeza de que não dormimos no ponto – avisa Rogério Onofre, presidente do departamento.
A operação teve início às 6h, com 48 fiscais atuando nos 19 terminais rodoviários que abrigam linhas intermunicipais no estado. A empresa com o maior número de veículos recolhidos à garagem foi a Viação 1001, com sete ônibus, seguida da Eval, com seis. Também foram punidas as seguintes empresas: Transmil, Mauá, Mageli, Reginas, Caravelle, Trel, Expresso Mangaratiba, Costa Verde, Normandy, Cidade do Aço e Viação Teresópolis. As ocorrências foram nos terminais Mariano Procópio, Américo Fontenelle (Central), Rodoviária Novo Rio e Campo Grande, no Rio; Cabo Frio, Angra dos Reis, Barra Mansa e Volta redonda. Nos demais terminais não houve o registro de veículos recolhidos.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960