BH:Google lança serviço para usuários de ônibus e metrô

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Das ruas e avenidas da cidade direto para a tela do computador. As rotas do transporte público de Belo Horizonte agora estão disponíveis na internet, no site do Google Mapas (www.google.com.br/mapas). A empresa assinou nesta quinta-feira convênio com a BHTrans para que os passageiros possam acessar os melhores itinerários, os pontos de embarque e desembarque mais próximos e o meio de transporte mais adequado – ônibus ou metrô – para se deslocar entre dois pontos da capital. A parceria, inédita na América Latina, também foi firmada na capital paulista. O serviço começou a ser disponibilizado nesta quinta e deve ser implementado totalmente até o início da próxima semana. Durante este tempo, o usuário que acessar a página pode não encontrar o serviço.
A nova ferramenta oferece, ao alcance de um clique, a rota das 287 linhas de ônibus que circulam na cidade, os horários de partida e o tempo de viagem estimada para determinado trajeto. Para cada pesquisa, o programa de computador oferece, no mínimo, três opções de deslocamento que levam em consideração o custo, a rapidez e o número de transferências a serem feitas pelo passageiro. Outra grande vantagem é a facilidade de inclusão de rotas a pé até os pontos de ônibus ou estações de metrô, além da alta resolução das imagens oferecidas pelos mapas e fotos de satélite. O mesmo serviço oferecido na internet também está disponível no celular. Para ver as informações na tela do telefone, basta entrar no site pelo aparelho móvel."O programa ajuda cidadão a descobrir como usar o transporte público da cidade. Ele pode digitar um endereço, uma praça, um parque ou um ponto comercial de referência e o Google vai indicar quantos metros ele vai caminhar até o ponto de ônibus, qual linha ele deve tomar, se é necessário usar o metrô ou outro coletivo, onde deve desembarcar e o melhor caminho a pé para chegar ao destino final", explica o gerente de produtos do Google Mapas no Brasil e na América Latina, Marcelo Quintella.A expectativa da BHTrans é de que a ferramenta consiga atrair novos passageiros para o sistema público. "Pesquisas da empresa indicam que 20% dos usuários exclusivos do transporte privado não usam ônibus e metrô por falta de informação", afirma o diretor-presidente da BHTrans, Ricardo Mendanha.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960