Moradores do Marabaixo II pedem abrigo nos pontos de ônibus em Macapá

segunda-feira, 8 de setembro de 2008


Passava do meio-dia e meia, quando o ônibus da linha Coração/Marabaixo parou em um local da 7ª Avenida para atender ao chamado de parada feito por usuários daquele ônibus. Pelo menos sete pessoas desceram tomando o caminho das suas casas, retornando da escola ou do trabalho.
E como já disseram anteriormente, em outros registros feitos pelo Jornal do Dia desde que o projeto Jornal do Dia na Comunidade foi lançado, não existem paradas ou abrigos, como são chamados os locais, para aguardar o transporte coletivo no bairro Marabaixo I, Marabaixo II e no Marabaixo III.
Existem três exemplos na principal entrada do Marabaixo II, o primeiro deles na esquina da AIFA, na Rua Ranolfo de Souza Gato, onde os passageiros se abrigam embaixo de uma árvore para agüentar o sol quente enquanto aguardam a chegada do ônibus. O único abrigo encontrado naquela rua fica em frente a uma Vitaminosa, próximo da entrada do Marabaixo III.
Já no Marabaixo III, a história continua a mesma. Usuários do transporte coletivo contam com a benevolência dos donos de mercearias ou residências para se abrigarem do sol ou da chuva enquanto aguardam o ônibus.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960